OLHO MÁGICO

Publicado: 22/04/2006 em crônica, eróticas
Tags:, ,

 

Tocaram a campanhia, três sorrisos em pleno carnaval. A porta se abriu, foi quando viu-se o olho mágico, cristal, azul e límpido. Um quarto sorriso em cena. A ausência do olho na porta parecia, mas não era proposital. Era a surpresa, então, a tônica da tarde.

Olhos mágicos azuis e castanhos cruzaram-se e afastaram-se. Impacto. Um momento congelado em contraste.

….. intervalo …..

Mais tarde, olhos mecânicos os aproximariam na necessidade de trazer para o alto o calor e a efervescência das ruas, as cores do por do sol sobre o mar e as evoluções de um jato nos céus.

Olhos mágicos azuis e castanhos entreolharam-se e aproximaram-se com calma. A linguagem do olhar era a única necessária. Traduzido nas cores estava o magnetismo da cena, a polaridade do claro e escuro, a atração dos opostos, a mistura e a fusão, agora não mais de olhares, mas de peles e bocas. 

 

(Sarah >mar2006)

Anúncios
comentários
  1. Nina. disse:

    eu queria ter esse talento pra textos 😛

    =*

  2. Rita Apoena disse:

    Ai que gostoso! Que surpresa de texto, encontrá-lo assim, no meio de meu cansaço, fez um sorriso tão empolgado em meu rosto! Obrigada pela visita, a admiração é recíproca viu! E pelo link, guardei você por lá também. Beijinhos!

  3. Niels Mikkelsen disse:

    …eu simplesmente não sei o que dizer…que letras lindas…sim, foi um encontro com muita paixão, surpresa, emoção…isso prova a beleza da vida…maravilhosa…

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s