Memórias de caranguejo

Publicado: 24/06/2006 em astrologia

Desde o dia 21 de junho estamos sob o signo de Câncer. Uma simbologia relacionada à sensibilidade, valores familiares, memória relativa à coisas vividas. Pessoas, com energia canceriana marcante no seu mapa astral, podem sentir-se fortemente introvertidas, tímidas, inseguras, maternais, sensíveis, perceptivas, reservadas e muito agressivas quando sentem-se em perigo. Por ser regida pela Lua, esta simbologia confere muita instabilidade, pois assim como a Lua tem suas fases, os cancerianos também as têm.
Encontrei uma poesia da Cecília Meireles que ilustra muito bem uma necessidade vital de Câncer: a estrutura familiar. A energia canceriana aparece na necessidade de proteção e amor. Estar numa atmosfera familiar significa abrigar-se de todas as mazelas do mundo – o senso de proteção. A ligação com o lar ou família é muito grande, afinal os frutos precisam da árvore.
O sentimento está acima de tudo e a memória é longa e bastante maleável. Vinte anos atrás é como se fosse hoje; e porque o passado é presente, os cancerianos podem esquecer o presente. Entretanto sabem que não podem reproduzir o passado no presente, mas sabem também, que vivendo o presente podem relembrar o passado. Aí é que está outra palavra-chave do signo (como vocês verão também na poesia), a memória e sua reprodução.
Então podemos compreender deste signo que, permanecer é viver o presente, enquanto e ao mesmo tempo em que, memorizar é estar preso ao passado.

 

.

Memória
Cecília Meireles

Minha família anda longe
contravos de circunstancias:
uns converteram-se em flores,
outros em pedra, água, líquen,
alguns, de tanta distância,
nem têm vestígios que indiquem
uma certa orientação.

Minha família anda longe,
– Na Terra, na Lua, em Marte –
uns dançando pelos ares,
outros perdidos no chão.
Tão longe, a minha família!
Tão dividida em pedaços!
Um pedaço em cada parte…
Pelas esquinas do tempo,
brincam meus irmãos antigos:
uns anjos, outros palhaços…
Seus vultos de labareda
rompem-se como retratos
feitos em papel de seda.
vejo lábios, vejo braços,
– por um momento, persigo-os;
de repente os mais exatos,
perdem a sua exatidão.
Se falo, nada responde.
Depois, tudo vira vento,
e nem o meu pensamento
pode compreender por onde
passaram nem onde estão.

Minha família anda longe.
Mas eu sei reconhecê-la:
um cílio dentro do Oceano…
um pulso sobre uma estrela,
uma ruga num caminho
caída como pulseira,
um joelho em cima da espuma,
um movimento sozinho
aparecido na poeira…
Mas tudo vai sem nenhuma
noção de destino humano,
de humana recordação.
Minha família anda longe.
reflete-se em minha vida,
mas não acontece nada:
por mais que eu esteja lembrada,
ela se faz de esquecida:
não há comunicação!
Uns são nuvem, outros lesma…
Vejo as asas, sinto os passos
de meus anjos e palhaços,
numa ambígua trajetória
de que sou o espelho e a história.
Murmuro para mim mesma:
“É tudo imaginação!”

Mas sei que tudo é memória…

Anúncios
comentários
  1. rose disse:

    vou dar o link do seu blog pra uma amiga canceriana minha… acho que ela vai se identificar!

    melhorou?

    beijos:-)

  2. Lisa disse:

    O que pode uma autêntica Cânceriana em pleno inferno astral dizer deste texto? Bem, só posso te dizer que me senti muito bem representada.

    “…memória, proteção, amor, insegurança, maternal, sensíveis, perceptivas, agressivas quando em perigo, instabilidade, fases…”

    E eu que fazia um esforço para não acreditar nesse troço… mas pela descrição, não tem jeito não.

  3. Ela disse:

    Tenho tantos cancerianos em volta…
    Um bjo querida…

  4. Girassol disse:

    Vim aqui parar por acaso, mas o post chamou-me à atenção. Ou não fosse eu canceriana.
    De facto também me senti retratada, palavras como “lar, mãe, segurança, imaginação, memória, raízes, fases, mundo próprio”, etc, não me são estranhas.
    Julgo que nós do signo caranguejo somos pessoas muito sensíveis, mas também temos um outro lado muito mais frio quando nos sentimos ameaçados.

  5. Banda - Inpulse disse:

    Olá vim cá ao teu blog atravês “da Girassol” eu porêm sou do signo Leão, mas em tempos idos um Amigo perdido era deste signo…..realmente era tudo isso apesar de tentarmos sempre fugir à regra…….
    Um bom fim de semana
    Dante
    Inpulse

    PS:Até uma visita Tua……..rss

  6. Cacau disse:

    Sara,

    Esteve você falando do meu filho Lucas? rsrs
    Tal e qual.

    bjx

  7. Anonymous disse:

    Olá!
    É um prazer enorme visitar-te! Parabéns por este teu espaço fabuloso, bela escrita, grandes verdades!
    ah…e curiosamente eu sou caranguejo e deixa que te diga…acertaste em cheio!! Está sem palavras..e eu, tb!
    Um beijinho, Voltarei concerteza!
    João JR

  8. disse:

    gostei…

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s