Luz própria

Publicado: 06/08/2006 em astrologia, comportamento, reflexões
Tags:,

foto: Aaron Chang

O Sol, desde 23 de julho, está em seu domicílio zodiacal – Leão.
Uma das simbologias mais polêmicas do zodíaco. A energia leonina nunca passa despercebida onde quer que se encontre. Tal qual o Sol, seu regente zodiacal, a natureza leonina é iluminada, calorosa, centralizadora, carismática, dramática, entusiasta, generosa, amorosa, extrovertida, confiante, espontânea, benevolente e orgulhosa. Desta forma, as simbologias de regente e regido equivalem-se como tal: reis. O brilho do astro rei unido à vitalidade e força do rei dos animais.
Então, não é à toa, que pessoas com energia Leonina fortemente marcada em seus mapas sintam que têm o direito divino dos reis. Elas precisam ser o centro das atenções, esta atitude lhes é vital. São seres marcados por uma forte necessidade de serem amados, seguidos, admirados e reverenciados. O leonino assim age por estar à procura da sua identidade, do que ele É, da sua luz própria. A lenda descrita abaixo ilustra muito bem o funcionamento da simbologia de Leão.

“Parsifal vivia na floresta sozinho com sua mãe e não sabia quem era seu pai. Um dia encontrou alguns cavaleiros com suas armaduras brilhantes e resolveu segui-los. Vai à procura do pai ou à procura de si mesmo. Deixa o conforto da sua casa em busca do futuro perigoso, mas maravilhoso e atrativo. No meio da floresta tem uma visão: vê um castelo envolto em neblina, rodeado de ouro e incenso onde um rei velho e doente está tirando sangue envenenado de uma ferida na sua perna; para isso usa a ponta de uma lança. De repente, entra uma bela mulher com uma bandeja, uma espada e uma taça. Parsifal perguta: “O que significa isso?” E uma voz lhe responde que essa era uma pergunta mágica e agora o rei estava salvo, por isso Parsifal ganharia o castelo e a princesa. Nesse ponto Parsifal acorda e resolve procurar o castelo de sua visão. Essa busca é o processo de amadurecimento pelo qual ele precisa passar para se descobrir. Assim, vai o Leão à procura da sua identidade rodeando-se de um mito, de brilho e opulência que podem ser as suas exibições e constantes auto afirmações. Entretanto, o Leão que já se encontrou não precisa de dramatização, pois não procurou lá fora, procurou dentro de si e achou com a sua identidade a sua grande capacidade de criar. É o iluminado.”

(fonte: Conhecimento da Astrologia – Anna Ma C. Ribeiro)

.

A verdadeira manifestação leonina não precisa de refletores … ela já é a própria luz.

.

Anúncios
comentários
  1. Telma disse:

    Oi Sarah
    Estou passando por aqui pela primeira, já gostei do post! Minha filha é uma Leonina maravilhosa.
    Beijos

  2. Loba disse:

    Às vezes, sinto intensamente esta energia. Meu signo ascendente é Leão. Já imaginou a briga entre este belo e ativo espécime e os preguiçosos peixinhos? rs…
    Sabe que gosto deste seu lado mais místico? Talvez porque eu tb o tenha… coisa de piscina!
    Beijocas

  3. Lidiane disse:

    É verdade.
    Meu pai era leão, meu primeiro namorado também…
    Coincidência?
    risos

    Beijos.

  4. Künzang Yeshe disse:

    Um viva para os leoninos! 😉
    Bj.

  5. trovão disse:

    Rapunzel, e um leonino com ascendente em leão como eu? kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk
    ultra leonino. valeu a homenagem. beijão

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s