Espelho

Publicado: 16/09/2006 em imagéticas, reflexões

………………………………….. …….. (foto: Eolo Perfido)

[comentário off topic: … nossa, eu amei esta foto … Perfeita!]

Faltava preencher o absoluto vazio deixado entre os rastros de uma noite suja, perdida no tempo. Seria a ausência de um misterioso encantamento antes impresso no brilho preto e radiante daquele olho?

Um olho brilhante e negro ele tinha, era feliz e bem desenhado, marcante e profundo, como uma lâmina que penetrava no mais recôndito das almas. E estranhamente, ao tempo que lhe fazia angustiado, lhe emprestava uma aparência feliz e vibrante. Como um arlequim ou um coringa, exibia uma face carregada de mistérios felizes e contradições disfarçadas.

O outro olho era inexpressivo, quase morto, fosco e triste. Na verdade, aqueles olhos eram o espelho da sua alma atormentada e dividida entre a dor estabelecida e a felicidade idealizada.

(Sarah K > set/2006)

Anúncios
comentários
  1. Mel disse:

    Estamos sempre assim, submersos em nossas emoções… Um pouco da falsa felicidade, um pouco da verdadeira alegria… E assim vamos levando…

  2. Anonymous disse:

    Vix,

    que olhos estranhos 🙂

    Um bom findi pra ti tbm menina – te adoro mto – beijão

  3. Victor disse:

    Olá!

    Legal a foto…

    parabéns! seu blog está muito bem estilizado ^^

    bjuss!

  4. Loba disse:

    Vc soube mostrar a dualidade da alma, através dos olhos! Somos todos um pouco assim, né? Mas há que saber aproximar um olho do outro!!!
    Beijos querida. Lindo fim de semana.

  5. Mila disse:

    Oi Sarah! Adorei esse texto! Os olhos realmente revelam nossos sentimentos mais profundos até mesmo aqueles que insistimos em esconder… Linda foto, adorei também! Bjos, e vê se aparece mais vezes lá no blog! Tchau!!!

  6. Lela disse:

    “entre a dor estabelecida e a felicidade idealizada”… Uma felicidade idealizada me parece também um pouco dor. Idealizado é um palpável abstrato, fugidio, e necessita de muita energia para mantê-lo. Sabe que prefiro a dor estabelecida? Olho no olho da dor e vou com ela até onde ela me levar depois sorrio pra ela. rs…
    Bjus, Sarah

  7. Mario disse:

    Olá
    Bem legal a poesia, gostei!!
    tenha uma otima semana

    T+

  8. Naeno disse:

    Sarah K,
    Gostei muito do teu blogger. Não sei desde quando te dedicas a fazer ´poemas, e eles já mostram uma personalidade, um dizer de alquém que sabe falar audível pelo coração.
    Parabens.
    Prá você um poema, aliás uma letra de uma música minha que queria que você a olhasse com carinho.

    SE LEMBRA

    Por todas as ruas, onde ando sozinho,
    eu ando sozinho, com você.
    E você que nem se lembra mais,
    se lembra.
    Do jeito que eu fui, tão dedicado, meu amor,
    vejo com saudade, a rua, a cerca, o espinho, a flor,
    tantos gestos fis prá lhe falar, lhe ver sorrir,
    Você se lembra?

    Ainda ando sozinho, eu já nem sei se ando,
    eu ando sonhando com você.
    E você que nem se lembra mais,
    Se lembra.
    Do jeito lque eu sou, tão complicado, meu amor,
    fico encabulado quado vou pegar uma flor,
    e há tantos gestos mais, prá entender, e essa canção,
    prá você lembrar.

  9. Naeno disse:

    visita omeu blogger
    http://www.poemusicas.blogspot.com
    e, se não for demais me coloca entre os teus indicados.

    Um abração e conta com a gente. Gente, mesmo, só serve para issso.

    Naeno

  10. ariane disse:

    belo texto, bela escolha musical…
    tenha uma bela semana!

    bj

  11. Lidiane disse:

    Me arrepiou.

  12. Vanessa* disse:

    Sarinha, Gostei muito texto…Bela composição e em falar em bela essa canção da Adriana Calcanhoto não é só uma das mais poéticas e complexas como a mais criticada e questionada.
    Linda escolha…Parabéns!

  13. *£ua* disse:

    Nada melhor que um olhar daqueles (ou pior, a depender do olhar…).
    Mas esse texto está belíssimo. A finalização, a alma atormentada e dividida… Adorei!!

    Deu até pra imaginar direitinho o rosto como seria!! xD

    Bjinhus

  14. o alquimista disse:

    No sortilégio dos sentidos, alguns tão pouco terrenos…

    Doce beijo

  15. Mai* disse:

    Passando pra deixar um cheiro.
    🙂

  16. Lúcia disse:

    Eu também gosto de fotos assim, tipo essa que você colocou em seu post. Você me deu uma idéia, um dia vou fazer algo diferente…

  17. fabianA disse:

    “O outro olho era inexpressivo, quase morto, fosco e triste”
    Caramba.
    sarita,
    sou sua fã.
    bjoca e saudades

  18. O'sanji disse:

    Sarah,
    Está chegando o meu aniversário! 😉
    Cadê o Libra????? LOL
    Vou passando por aqui…
    Beijo

  19. ClarOlhaR disse:

    estarei sempre aqui, despedaçando-me.

    tuas letras são ariscas.

    te abraço!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s