Anjo sem asas

Publicado: 14/06/2007 em reflexões

 anjo.jpg

Suas asas de anjo torto ficavam forçosamente escondidas sob a camisa, tentando abrir-se inutilmente, assim como seu semblante sério camuflava o pouco de calor que ainda aquecia seu peito e trazia sob grilhões toda sua capacidade de sonhar. Assim, impossível de asas, perdia a leveza que a naturalidade lhe permitiria e ficava preso ao chão, ao isolamento, vagando sem rumo em meio à aridez de sua vida. 

Ser frio e contido era sua regra básica de sobrevivência, reapreender a soltar as amaras, seu desafio.

Caminhava pela rua, em direção a ela, assaltado por um turbilhão de emoções que, desde muito tempo, tinha aprendido a conter. Diante dela o medo o fazia refém, o imobilizava e o amedrontava ao mesmo tempo que o desafiava, como um fantasma sem rosto, sem cor e sem cheiro, que deixava sua vida tal e qual.

(foto: Emil Schildt)

Anúncios
comentários
  1. Carmen disse:

    Show esse novo formato !!!
    As músicas, as palavras, as idéias, tudo clássico e vanguardista ao mesmo tempo !
    Eu adoro !
    bjs!

  2. vanda disse:

    Bonito esse novo cantinho!
    irei tratar de mudar o link

    beijinhos

  3. elisabetecunha disse:

    Casa nova, em?

    gostei!

    E a fruta vermelha ,vou pesquisar!

  4. Claudia disse:

    Lembrou-me do filme Asas do desejo..
    Lindo, poético, trágico…
    Bjo.

  5. Bill disse:

    E o anjo rodopia pelo mundo que roda ao contrario.

    Adorei o texto.

    Dona moça, que bom que mudou para wordpress, é uma ferramenta fabulosa.
    Fim de semana irei fazer mudanças no RT e ja arrumo seu link lá.

    Beijo e otimo fim de semana pra tu.

    :******

  6. Oi, Saroca!
    Todos os formatos que colocares em suas idéias, suponho eu, serão de muito bom gosto.
    Um beijo pra vc.

  7. unzuhause disse:

    Belíssima casa nova, parabéns!
    Novidade só não há na beleza de teus escritos, eita moça bem-dotada! E o que acontecerá para o pobre anjo nessse encontro? Que vontade que me deu de saber! beijosssssssss

  8. Maria Papoila disse:

    Querida Sara:
    Muito bonita esta nova casa! Belíssimo este texto do anjo de asas escondidas… mas não quebradas e porque assim há pode fazer voar para bem longe o medo que o assombra…
    No meu blog o Cupido deixou-te uma surpresa!
    Beijos

  9. Mel disse:

    Sarah, tenho trabalho para vc lá no Casuale. apareça, sinto sua falta por lá. Beijo!

  10. Aninha Brasil disse:

    Olá, Sarah!
    Blogo há bastante tempo, mas tenho andado um pouco ausente. Assim, hoje estou num “garimpo” de alguns blogs que sejam, para mim, novos e bons. Gostei muito do teu canto, principalmente da trilha sonora – não conhecia. Amei as imagens que usas para dar forma às tuas idéias, também.
    Deixo o convite para que nos visite, no 7×7.
    E que as asas desse anjo, te protejam.
    Abraço!
    P.S.: Se nos visitar, não esqueça de deixar seu endereço para voltarmos, depois!

  11. Ricardo Rayol disse:

    Já alterei e a insegurança frente ao passado é horrível.

  12. biazus disse:

    Olá Sarah, obrigado por visitar meu blog.

    Gostaria que vc me autorizasse a publicar esse seu ultimo post em meu blog, é claro que darei os creditos e um link.

    Seu novo leitor/admirador

    Biazus

    p.s. o word press é realmente impressionante.

  13. Lidiane disse:

    Conheço alguns anjos sem asa.
    Às vezes, desconfio que cada um de nós somos assim.

    Beijo, menina Sara.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s