Rapidinhas Ecológicas

Publicado: 14/09/2007 em campanhas, ecologia, meio ambiente, sustentável

DIA MUNDIAL SEM CARRO

É uma iniciativa que teve origem na França em 1997 e a idéia é esta: deixe seu carro em casa por um dia e ande a pé, de bicicleta, de ônibus, de metrô, de trem, de táxi… você escolhe. A campanha “Dia Mundial sem Carro” também foi adotada por São Paulo desde 2005 e este ano acontecerá no próximo dia 22 de setembro sob coordenação da Secretaria Municipal do Verde e do Meio Ambiente e com apoio do Greenpeace e outras entidades ambientais. O objetivo é contribuir com a redução de emissão de gases efeito estufa (transportes colaboram com 40%) e consequente redução de poluição sonora, do stress no trânsito, além de fomentar melhorias no sistema de transporte coletivo urbano.  São Paulo atualmente já contribui com a emissão de gases com a segunda maior frota de veículos do mundo (5 milhões de automóveis). Para quem se preocupa de verdade com a saúde do planeta e a melhoria da qualidade de vida nos centros urbanos será uma boa oportunidade para participar, mesmo que seja em qualquer outra cidade do país. Vamos participar, ou melhor, criar nossos dias pessoais sem carro, uma vez por semana, por mês ou por ano. O importante é reduzir!

Veja o evento em Minas Gerais.

carro-com-ninho.jpg

A CHINA E O MEIO AMBIENTE

O incrível crescimento econômico da China tem deixado o mundo boquiaberto e como não poderia deixar de ser, atrelado a esse modelo veio um preço bastante indesejável: a China ultrapassou os EUA como o maior poluidor mundial, com uma emissão de CO2 8% maior (dados da Agência de Avaliação Ambiental da Holanda em 2006).  Mas para alívio do planeta o Governo chinês ao mesmo tempo lançou um Plano Nacional de combate ao Aquecimento Global através de políticas ambientais eficientes, inclusive prevendo desaceleração do crescimento econômico. Exemplos que o Oriente deixa prá nós. Quiçá os americanos pensassem assim… 

Mais sobre aquecimento global leia AQUI.

Anúncios
comentários
  1. Trodat disse:

    O equilíbrio ecológico sempre funcionou muito bem na natureza. Cada ser vivo tem seu predador e o equilíbio se mantém há milhões de anos. Mas, e o ser humano? Quem é o predador do homem? Nossa reprodução exponencial está consumindo e acabando com o nosso habitat. Quando o equilíbrio será alcançado? Quando não houver mais nada a ser consumido?

    A China atual é uma terra devastada. Metade é deserto e metade está degradada. O país já está inviabilizado no seu futuro.

    Reconheço que esse é um questionamento muito pessimista meu. Mas está difícil de vislumbrar uma solução global e sustentável para o problema ecológico.

  2. Sarah K disse:

    Trodat,
    penso que o predador do homem são as pestes, tipo AIDS, Peste Negra e outras …
    Outra saída para a raça humana a meu ver é a reeducação, ou melhor dizendo, uma educação ambiental eficiente. que modifique hábitos e produza num futuro não muito distante uma população mais engajada na conservação.

  3. Trodat disse:

    Pode ser mas o homem tem vencido esses predadores ao longo do tempo. A Peste Negra já era, outras pestes também. Mais uns 50 anos e a AIDS será vencida certamente. E o crescimento exponencial e descontrolado da população continuará. Nem a pílula nem os métodos contraceptivos conseguiram frear isso.

    Também acho que a reeducação e a conscientização é a saída. Mas ainda não deu para ver essa luz.

    Nossa!!!! Estou muito pessimista para uma sexta-feira. Acho que estou precisando tomar umas cervejas para levantar o astral… rsrsr

    Bom finde.

  4. Sarah K disse:

    Rs, é mesmo ….
    Mas não se engane, outras pestes surgirão, e ao que parece cada vez mais devastadoras (esqueci de falar do Câncer tb).

    Eu prefiro acreditar que a educação será um instrumento eficiente, afinal prá que serve nossa inteligência?
    😉

  5. Mel disse:

    Bom seria se todos ficassem informados. Farei a minha parte!
    Beijo e bom fim de semana, Sarah.
    Mel

  6. Vampira Olímpia disse:

    Saroca,
    Após ter problemas com meu carro, descobri que tenho pernas… Parece uma descoberta incrível mas o vício era tamanho que às vezes ia comprar cigarro de carro…
    Qd foi solucionado o problema com meu carro, já havia readquirido o hábito de caminhar… confesso que redescobrir o valor de minhas pernas é impagável!
    beijooooooooooooooooos

  7. Claudia disse:

    Ótimo post, Sarah..
    Eu estou com o Trodat.. Um tanto qto pessimistaaaa… rs..
    Mas vou aderir.. Prometo…
    Bjo.

  8. Sarah K disse:

    Claudia, rs
    Pode ser que as perspectivas não sejam muito animadoras, mas temos que tentar reverter esse quadro mesmo que estas ações pareçam com “agulhas no palheiro”…
    Acho a conscientização que elas trazem, algo válido.

  9. Marcelo disse:

    Tem cheiro de cravo por lá!!!

    volto depois prá comentar..

    bjs

  10. unzuhause disse:

    Sarah!
    Tudo bom? Legal que haja campanhas desse tipo. Eu já sou militante da causa, e nem sabia rs: não gosto de dirigir, o metrô me leva pra quase tudo que faço, e melhor ainda quando posso ir a pé.
    beijossssssss

  11. Sarah K disse:

    Pô, que ótimo Caio! Tomara que atitudes como a sua crescam por aí, o planeta e nós precisamos disto.
    Aqui ainda não tem metrô, por pura falta de vergonha dos srs políticos e qdo ficarpronto será uma malha ainda muito ineficiente para as necessidades da cidade.

  12. Estamos em sintonia, fazendo dobradinhas com muita frequência. O próximo paso será formarmos uma dupla sertaneja. 🙂

  13. Sarah K disse:

    kkkkkkkkkk,
    Zé, eu não quero se o Luciânus … 😀
    😛

  14. marcelo disse:

    rá rá rá não sei guiar bicicleta, vou de buzú!

    bjs

  15. Mariposo-L disse:

    Olha proponho mudar a campanha “Deixe seu carro em casa” para “Deixe um ladrão roubar seu carro” kkkk , já estou participando da campanha a pelo menos 15 dias ….

  16. […] Conscientizando: Dicas Fechando a torneira Freio no consumo Ações no dia-a-dia […]

  17. […] 23, 2008 Dia 20 de setembro foi o Dia Mundial sem Carro. Confesso que esqueci, neste dia viajei de carro. Lembrando disso comecei a pensar: O que tenho […]

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s