O cu não é o Problema

Publicado: 23/04/2008 em comportamento, mulher, sexualidade
Tags:, , , , , ,

Calma, calma… Não se assuste (ou se anime, rs), este não é um post pornográfico!
E não faça cara feia, anh… Sorria, você está sendo filmado!  [brincadeira prá relaxar após ler este título, rs]

Outro dia vi esta imagem no blog de um amigo e não contive uma gargalhada.
Eu não usaria este argumento, afinal os homens homossexuais gostam do mesmo que nós mulheres heteros e a palavra não é exatamente cu (sem acento, please), é uma palavrinha com tres, quatro ou cinco letras, começando com “P” e levando ainda outros singelos apelidos, rs.

No entanto eles gostam com outra atitude, de uma perspectiva diferente e portanto não os vejo como nossos adversários. São homens que interessam-se por outros homens reciprocamente e esta prerrogativa já os elimina do rol de nossos relacionamentos. Não se tem notícia que algum que optou por esta preferência tenha voltado para o lado de cá (o das mulheres heterossexuais) e se acaso voltasse me causaria desconfiança.

Enfim, mesmo que me desagradem as estatísticas, por outro lado me sinto aliviada que a cada dia eles declarem e pratiquem mais aberta e livremente suas preferências sexuais. Não me agradaria uma relação com um daqueles que ainda não teve a coragem suficiente de sair do armário.

Então, de forma bem simplista me pergunto, se é ‘bom’ ou ‘ruim’, para nós mulheres, que tantos homens optem pela homossexualidade? Poderia impulsivamente dizer que é ‘ruim’, mas estendendo um olhar crítico adiante, nas reformulações dos conceitos de relacionamento, percebo que vivenciamos uma transição, um momento de revolução e redefinição de hábitos e comportamentos ligados a sexualidade, e infelizmente concluo que nos cabe esperar, não passivamente, mas de forma reflexiva, atenta, adaptando-nos de alguma forma; mas por outro lado observo um movimento, daí vocês me perguntam “Qual?“, e eu digo que não sei se é impressão minha, mas o número de homens heteros (comparando com alguns anos atrás) tem escasseado bastante, enquanto uma “multidão” (exagerando um pouco, rs) de homens gays desfila por aí noite e dia.

Qual a solução?
Eu também me pergunto sempre meninas, pensando que com certeza não é a que a figura do post supõe.
Alguém aí tem alguma?

[ Em tempo: eu simplesmente ADORO meus amigos gays (nada contra), são divertidíssimos, alto astral… e a causa disto, segundo afirma meu amigo Lázaro R (que é hetero), é aquela palavrinha mágica que começa com “P” … é, aquela mesma do começo do post, rs! ]

( foto capturada daqui )

Anúncios
comentários
  1. Ricardo Rayol disse:

    Já que a coisa está escassa contratem os meus serviços prestimosos

  2. Mel disse:

    Sarah, esse seu post deveria ter algum artifício de visualizar nossas caras ao lê-lo!!
    🙂
    Primeiro achei estranho encontrar essa “palavrinha” por aqui e depois ri, ri feito uma abestada na frente da tela!

    Bem, mas deixando emoções de lado (!), sim, os gays estão se mostrando mais e confesso que gosto, pois como vc mesma disse, não perdemos tempo com aquele que ainda está em dúvida se assume ou não.

    E quer saber? Não quero ser grossa, mas eu sempre disse que se um homem me trocar por outro homem, ao menos saberei o motivo, afinal, não teria o que ele gostaria de receber!

    🙂
    Beijos

  3. Mariposo-L disse:

    Sara vamos aos fatos,não é bem assim gostar de “p”, acho que o grande lance na relação é poder gostar de “PC”, e entre um “p” e um “C”, tem muito coisas que envolvem esse situação, pois se eu mesmo poderia trocar o Mariposo-R, pelo primeira mulher que achar na rua afinal elas também tem “C”…..
    Sobre o fato de aumentarem, também acho que não é por ai, acho que sempre foi desse jeito, a mudança foi ” está mais facil assumir essa postura” as criticas são menores e a aceitação está maior .
    Depois eu volto para escrever mais um pouquinho …

  4. Sarah K disse:

    Bem Mariposo, ainda bem que vc veio, precisamos da sua visão aqui, esclarecendo e tirando as sombras das dúvidas.

    Mas qdo eu disse que a palavra era ‘P’ e não ‘C’, estava me referindo ao apelo da foto da camiseta e tão somente a ela, pois o que eu acho é que este argumento é furado, os gays não querem apenas um ‘C’, mas obviamente que sei que o gosto gay é muito mais diversificado e que a relação envolve muitas outras variáveis … Ainda bem.
    Vc viu que falei que não acho que os gays sejam nossos adversários, não viu?! Pois é…

    Ah sim, e sobre se aumentam ou não, ainda não descobri qual o mistério, mas os homens heteros parecem estar diminuindo, pode ser que as mulheres estejam em maior número… Sei lá, enfim … Tem alguma coisa podre no reino da Dinamarca … rssss

    Volte mesmo!
    😉

  5. Lucas disse:

    Eles saem do armário e elas?, chupam o dedo? não dá. Atenção homens!, esses que gostam de mulheres. Trabalhem firme, forme, trabalho duro. Não deixemos a raça em extinção.

    Let’s to work!

    (Valeu pela visita no c.Oca. Nos vemos por aqui, ou por lá, ou por aqui; enfim: nos vemos.)

  6. Luma disse:

    Na verdade não sei qual é a pergunta. Reli o texto e fiquei meia que no ar! Talvez porque não quis dizer claramente. Não sei.
    Vamos ao que acho foi a pergunta sobre “concorrência”. Não há! O sentimento é coisa que não envolve sexo e daí não estou sendo romântica, é algo como o Mariposo-L escreveu.
    Acho ótimo a saída do armário. Isto porque nós mulheres estamos mais liberais. Entre os homens, eles já sabiam antes quem são os gays ou não. Apenas a informação não chegavam a nós. Era assunto para homens e gays.
    Eu adoro os meus amigos gays, sabe porque? Quando eles se mostram sensíveis, são solidários, me abraçam, sei que não tem segundas intenções por trás. Me sinto mais solta e ainda tenho uma visão masculina do babado.
    Beijus

  7. marcelo disse:

    Eu acho que tem uma juventude que vem trazendo a informação de que “ser” é bem peculiar, tenho visto vários garotos que já namoraram meninas e meninos e entram e saem disso com muita naturalidade…tem crescido o numero de mulheres homossex tambem, na realidade talvez seja até maior do que o masculino – a sociedade sempre achou normal duas mulheres conviverem “amigas” e não aceitou nunca o caso dos homens. Trabalho com liberação de credito e semana passada atendí a dois casais homessex fem em dias diferentes, duas delas se tocaram bem em frente a mim e se tocaram de uma forma tão linda…e a outra na hora da inclusão do cartão adcional…perguntei o grau de parentesco elas se olharam riram e eu completei a frase…namoradas? pontinhos sim! – fiquei feliz em colocar o status do cartão “1” para conjuge sendo o titular uma outra mulher….
    …COISAS QUE TEM BEM MAIS SABOR SENDO LIDAS AQUI…UMA DELICIA!

    bjs

  8. Querida, ah se eu soubesse a resposta… Mas acho que o *$# não é o xis do problema. Em algum lugar os hormônios dos caras se sentem atraídos, como nosotras, por desodorantes AXE, pernas mezzo cabeludas e braços grandes e envolventes. Porque eu poderia até me apaixonar por uma mulher, na teoria. Mas pegar peitinho acho uma eca, e não teria jeito, vem tudo junto! Então prefiro los chicos mesmo, eles vem com dispositivos acoplados importantíssimos e um cheiro que só eles têm e despertam em mim tudo que há de melhor e mais idiota concomitantemente.
    Suerte para nosotras…
    Bezzos!

  9. Sonia Regly disse:

    Seu texto é muito bom!!! A gente se diverte aqui no seu Espaço, faz bem, essa alegria.Obrigada por me visitar, fico-lhe muito grata.Obrigada pelo comentário, é muito bom receber visitas assim.Beijinhos.

  10. Dani(ela) disse:

    realmente o cú não é o problema. o cú, faz parte da solução para eles (gays). e a solução (o conjunto todo) é que é o mistério, não?

    realmente, nós mulheres não temos a “P” que eles querem. será que é por isso que o problema não é o cú?

    🙂

  11. Dando um ataque de risos aqui rs.
    Uma vez homossexual, para sempre homossexual.
    Ninguém tem culpa, nem mesmo as mulheres ou até mesmo o cu. ahhahaha
    Sim, é sem acento pq é oxítona terminada em U, mas convenhamos… cu quando é lembrado sexualmente, tem acento de todos os tamanhos, não?
    HAHAHHAHAHAHHAHAHAHHAHAHAHHAHA

    Beijooooooooooooooooooos

  12. Mariposo-L disse:

    Pensei mais um pouquinho sobre,isso,também temos a banalização de um relacionamento, pois até algum tempo atrás, sexo era pecado só depois de casado mesmo, mas não é o que ocorre hoje em dia … isso acho que é mais um ponto para afastar o relacionamento hetero,no relacionamento gay e muito comum o “pa e pum ” sem cobranças depois e no hetero o que acontece ???? Bom para resumir acho que no relacionamento hetero há muito cobrança de ambas as partes,isso acho que não acompanhou a mudança do habitos . Mais um ponto importante a ser questionado . hoje é muito comum ouvir falar que relacionamento gays já estão durando mais que os heteros , porque ???

    Beijão bom fim de semana a todos divirtam-se :)))
    Se beber não dirija e se beber me chama …

  13. Guilherme disse:

    😀
    hahaha…,
    mas vc….

    beijo

  14. Sonia Regly disse:

    Têm postagem nova lá no Compartilhando as letras, apareça por lá.

  15. elisabetecunha disse:

    SARA

    KKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKK

    muito bom saroca!

  16. Será que a escasses não é só uma questão de procurar em outro lugar? ou pelo menos olhar para o outro lado? ehehhe

    Eu sempre achei que arranjar mulher era mais difícil para os homens, mas conversando com minhas amigas elas acham que é mais difícil uma mulher achar um homem. Sem saber como resolver a charada a deixei no baú de coisas a procrastinar.. quero dizer.. filosofar mais tarde.

    Parabéns pelo texto.. abraços
    http://swasthya.marcocarvalho.com/

  17. A palavra é “Próstata”. Nós não temos, eles têm. O sexo anal no homem massageia a próstata, dando a eles um orgasmo que eles não alcançam só com estimulação peniana. Esse é o truque. É por isso também que sexo anal na mulher é uma porcaria, a mulher não tem todo o sistema nervoso que passa na região anal que o homem têm. Mera questão fisiológica.

  18. Nota adicional: homens gays transam com mulheres. Mas só com as espertas. 😉

  19. Sarah K disse:

    oi Daniela!
    sim, eu tou sabendo da próstata, mas quem criou a campanha da camiseta parace que não …. hehehehe

    E sobre sua nota adicional… não me considero esperta desta forma, aliás, nem quero ser… hahahaha. Transar com gay??? TOU FORA!!!!! kkkkk

    Ah, eu conheci teu blog outro dia e adorei!!
    bjs e volte sempre
    😉

  20. Mr. T disse:

    Ola, conehcendo agora e adorando…

    Sou bissexual e tenho que concordar com a Dani Castilho (eu e minhas ex namoradas): Só transam com os gays as espertas hehehehe…

    Na verdade não existe problema e solução. Tem homem hetero o suficiente pra todas as mulheres, e homens gays o suficiente para os proprios homens gays… Ou seja, o dobro de homens gays em relação aos hetero rsrsrs…

    Fora os ‘hetero’ que saem com gays às escondidas… (Conheço alguns) hehehe…

    Adorei, sei que é post antigo, mas não pude deixar de comentar!!! Beijos

  21. Mr. T disse:

    Desculpa, linkei errado rsrs… AGora ta certo… Bjo

  22. […] esta foto outro dia aqui, o que me fez lembrar desta outra aqui. Tudo isto traz de volta a velha pergunta que não quer calar: o que está acontecendo com os […]

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s