Irracional

Publicado: 15/01/2009 em romance
Tags:, ,

noite-vitti-e-mastroianni

Gostava tanto dela! Tanto que permitia…
E permitia demais, além da conta.
Que conta?
A conta dos outros, que colocava nele ações que nem imaginava.
E como um bom macho, ele acatava.
E entornava o caldo… E estragava tudo.
Felizmente, apenas temporariamente.
Afinal os instintos ainda comandavam tudo … Dos estragos aos perdões.

Anúncios
comentários
  1. E vivam os instintos!

  2. Ricardo Rayol disse:

    Já passei por isso.. dói

  3. Mel disse:

    Sarah, gostar, permitir, dar ouvidos aos outros e perdoar… Hum… Isso tudo me parece familiar!
    🙂

  4. olimpcastlevania disse:

    Forte… e sofrível…
    Tem horas que a ‘Lei do mais forte’ é tão desigual e patética…

    Um lindo final de semana pra vc, Saroca.

    beijooooooooooooooooos

  5. Celine disse:

    Dos estragos aos delirios mais prazerosos.
    Instintos.

  6. Lidiane disse:

    Às vezes (e, somente, às vezes), é bom ter o que perdoar. E, a quem perdoar.

    Beijos, Sara querida.

  7. mariposo-L disse:

    Seria tão bom poder viver guiado apenas pelos instintos … eu queria tanto isso 🙂

    bjs

  8. Bill disse:

    Para além do gostar, na fronteira do permitir… E lá se vão as coisas…

    Beijo dona moça e doce semana.

    :*

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s