HOME: nosso planeta, nossa casa – Dia Mundial do Meio Ambiente

Publicado: 05/06/2009 em cinema, ecologia, meio ambiente, reflexões
Tags:, , , ,

Trailer do filme HOME, nosso planeta, nossa casa (um documentário de Yann Arthus-Bertrand) que  foi filmado em 54 países e será lançado mundialmente hoje (05/06/2009) em mais de 50 países, com dublagem em 14 línguas. Numa sequência única de imagens tomadas num vôo sobre o planeta, o diretor reflete conosco sua preocupação diante da crise ambiental mundial, fazendo da película uma espécie de alavanca para ações que mostram-se urgentes e necessárias para revertê-la.

Vendo este trailer lembrei-me do post do ano passado quando questionei nosso comportamento diante da crise ambiental; resolvi não mais perguntar e sim mostrar algumas estatísticas um tanto pessimistas, mas reais.

Porque faço isto? Talvez para chocar, para gerar questionamentos. Por acreditar que é principalmente pela educação e massificação deste tipo de  informação que conseguiremos desencadear um movimento, mesmo que pequeno inicialmente, pela mudança neste cenário crítico.  Acreditando, mesmo contra todas as estatísticas, que é possível.

Veja o filme, está nos cinemas e disponível on-line também, a idéia é disponibilizá-lo para todos, pagantes ou não, visto a importância da mensagem.
Num vôo surpreendente, onde o expectador é colocado como observador crítico, seu objetivo é
convencer o maior número de pessoas da  responsabilidade individual e coletiva em relação ao planeta, através de uma sucessão de imagens contrastantes e impactantes.
UPDATE: em Salvador, está sendo exibido na Sala de Arte da UFBA

E complementando… mais algumas informações sobre a crise ambiental:

– 20% da população mundial consome 80% dos recursos do planeta.
GEO4, UNEP (Organização das Nações Unidas para o Meio Ambiente) 2007

– O mundo gasta doze vezes mais em armas do que em ajuda de desenvolvimento de países.
SIPRI Yearbook, 2008 (Instituto Internacional de Pesquisa em Paz de Estocolmo)
OECD, 2008 (Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Econômico)

– 5.000 pessoas morrem todos dias por beber água poluída. Um bilhão de seres humanos não têm acesso à água de beber salutar.
UNDP, 2006 (Programa de Desenvolvimento das Nações Unidas)

– 1 bilhão de pessoas passam fome.
FAO, 2008 (Organização das Nações Unidas para Agricultura e Alimentação)

– Mais de 50% do grão comercializado ao redor do mundo é usado para ração animal ou biocombustíveis.
Worldwatch Institute, 2007
FAO, 2008

– 40% da terra cultivável é degradada.
UNEP (Organização das Nações Unidas para o Meio Ambiente), ISRIC World Soil Information

– A cada ano, 13 milhões de hectares de florestas desaparecem.
FAO, 2005

– 1 mamífero em 4, 1 pássaro em 8, 1 anfíbio em 3 estão ameaçados de extinção. As espécies estão desaparecendo mil vezes mais rápido do que o ritmo natural de extinção.
IUCN, 2008 (União Internacional para a Conservação da Natureza e dos Recursos Naturais)
XVI Congresso Internacional de Botânica, Saint-Louis, USA, 1999

– 75% dos produtos da indústria pesqueira estão extintos, esgotados ou em risco de extinção.
Fonte ONU

– A temperatura média dos últimos 15 anos tem sido a mais alta desde o início de seu registro.
NASA GISS data
http://data.giss.nasa.gov/gistemp/graphs/Fig.A.txt
http://data.giss.nasa.gov/gistemp/graphs/Fig.A2.txt

– A calota polar perdeu 40% de sua espessura em 40 anos.
NSIDC, National Snow and Ice Data Center (Centro Nacional de Dados sobre Neve e Gelo), 2004

– Poderá haver 200 milhões de refugiados do clima em 2050.
The Stern Review: the Economics of Climate Change
Part II, Cap. 3, pág. 77

Posts relacionados:
Água tem dono?
Água para quem precisa
Ilha das Flores
Última gota
Água – Consumo consciente

Anúncios
comentários
  1. LELLA disse:

    “O mundo gasta doze vezes mais em armas do que em ajuda de desenvolvimento de países.”

    Sarah, sobre isso, não deixe de assistir o filme ‘Trama Internacional’. Que mostra bancos “investindo” no armar os países do 3º Mundo. De deixar uma pergunta: Até onde é ficção essa história?

    Vou ver o trailer.

    Beijo e um Bom Dia!

  2. Rose disse:

    Oi Sareia, tdo bem por aí, tudo quentinho? Aqui um frio que não cabe numa cidade do inteiror de SP com média de temperatura de 22 graus ao ano.
    Camões diria: “mudam-se o tempo, mudam-se as vontades” eu digo: muda-se o clima, o que estamos a fazer com nosso planeta pra ele mudar desse modo?
    Tomei a liberdade de hoje dar o endereço dessa sua postagem para meus alunos da faculdade. Eles cursam o último ano de Biologia e acredito que irão gostar muito de seu blog 😉
    Beijos e fica bem.

  3. Mariposo-L disse:

    Sara .. que bom que voltou … por instante achei que vc estava no avião da Airfrance e sumiu também kkkkk
    Não posso ver o filme a conexão tá um lixo e-mail só por sinal de fumaça e ainda corri o risco de ser preso por poluição ambiental …kkk

    Poderá haver 200 milhões de refugiados do clima em 2050.não entendi isso …

    bjs

  4. notobviouscinema disse:

    Sarah, vi hoje o Home. Sem dúvida, as imagens são fantásticas, algumas delas chegam a ser inesperadas. Em alguns momentos, quando a trilha sonora foge do padrão de fundo sonoro meloso e alça vôo acompanhando as imagens, o filme consegue efeitos fantásticos; especialmente quando mostra Dubai.

    Mas eu teria gostado mais se o narrador desse um tempo. São 90 minutos de uma narração bem intencionada mas cheia de erros, terminando em um discurso piegas que dá a entender que o problema é fácil de resolver.

    Vale pela boa intenção? Talvez. Mas me senti como quem assistiu a uma aula longa e meio chata, onde fatos se misturam a especulações sem qualquer indicação de quem é quem.

  5. LELLA disse:

    Sarah, vi e gostei muito.

    Fica sim, no início parecendo uma longa aula. Mas é proposital. Por mostrar que a muita pressa na atualidade.

    Vou linkar esse seu texto no meu 🙂

    Valeu, pela dica!

    Beijão,

  6. LELLA disse:

    *errata: muita pressa…

  7. […] que a humanidade tem feito com o nosso Planeta, com a nossa Casa, nos últimos 50 anos. Sou grata a Sarah por ter […]

  8. Ótimo e importante post. Já copiei os links para consulta.
    Um beijão.

  9. Denise disse:

    Sarah
    Eu leio sempre, mas nunco deixo mensagem, mas adoro suas ideias despedaçadas ou nem tanto….daqui ou dali… se é que achei… Beijos, e sucesso, sempre, em todos os níveis!

  10. Dany Linhares disse:

    Adorei o vídeo, já vi alguns filmes parecidos com esse… Faço especialização na área ambiental, e sei que hoje não posso salvar o mundo só, mas que é difícil colocar na cabeça das pessoas que a Terra grita basta, porém as pessoas não entendem isso, então, temos que chocar para ver se essas pessoas tomam uma atitude em relação a uma crise ambiental enorme que está acontecendo e só tem uma pequena massa fazendo algo. Eu quero que quando tiver filhos eles vejam as coisas que vi na minha infância, quero que eles brinquem com animais e que possam não só ver foto de florestas…
    É difícil lutar por um mundo, onde a maioria dos moradores desse mesmo mundo, só pensa em dinheiro exageradamente.

  11. Luciano disse:

    Grande “idéia despedaçada” Haja consciência com nosso meio ambiente…
    Vim aki tb pra te dizer que atualizei meu blog ta?
    Bjssss
    Luciano
    PAPIROS DE ALEXANDRIA – O Blog mais Mediocremente letrado da Internet

    http://papiros.zip.net

  12. Luciano disse:

    Oiee, vim aki pra te dizer que atualizei meu blog.
    Grande abraço pra vc!
    Luciano
    PAPIROS DE ALEXANDRIA – O Blog mais Mediocremente letrado da Internet

    http://papiros.zip.net

  13. Marcelo disse:

    Sarita K, eu to com vergonha de mim, eu tenho ajudado a destruir o planeta!

    bjs

  14. vanda disse:

    olá Sarah
    já conhecia o filme 🙂 e uma coisa deveria andar sempre connosco a consciencia que o planeta é a nossa casa
    beijos e boa semana

  15. Rosa disse:

    valeu

  16. Miguelina disse:

    ué, cadê a dona do pasto, digo, da casa?

    prazer, Miguelina.

    :*

  17. Luciano disse:

    Olá Sarah ah! O que houve? Achei que havia encontrado alguém que me fizesse mudar o “modus operandi”, e aliviasse o meu pobre sarcasmo e….. você some.
    Ok, brincadeira….. gosto de discutir com pessoas inteligentes…… e imagino que seus assíduos também sentem sua falta… escreva.
    Beijo grande.
    Luciano

  18. LIV disse:

    Sarah,onde andas?saudades dos post e d ti.Tudo bem?Apreça.abrço.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s