Enquadramentos

Publicado: 11/06/2009 em poesia

janelas que descortinam
pelos meus olhos se imaginam
uma doce novidade
ou uma estabelecida realidade
não querem saber
conhecer ou entrever
desejam apenas contemplar
sorver e se encantar
por ela podem recriar
mais uma vez renovar
ou apenas simplesmente
docemente sonhar

(write in jan/2007)

(foto: Vitaly Bakhvalov)

Anúncios
comentários
  1. Lella disse:

    Enquadra-mento…

    Me fez lembrar de uma frase… De um profissional de Mídia, quando tentaram censurar o que seria transmitido na Tv; e já fora da Ditadura. É essa: “Não se deve culpar a janela pela existência da paisagem.

    Bem, da minha janela ao abri-la, nas manhãs, um lindo beija-flor vem me dar bom dia!!! É tão bom iniciar o dia assim!!!

    bjk,

  2. Trovão disse:

    feche a janela e saia pro mundo pela porta 😉
    beijão

  3. Sarah k disse:

    Trovão e vivo no mundo demais até, por isto as vezes adoro apenas olhar … (vixe, vc é muito seco!!)
    😉

  4. Castelo da Vampira Olímpia disse:

    Rindo aqui do Trovão… e da secura peculiar!!!!
    ahahahahhahahahahaha

    Saroca,
    Eu costumo dizer que meus olhos são as minhas janelas do mundo, com eles que estou aberta ou não para as belezas e feiuras belas que o mundo proporciona… E sabe o que vejo através de minhas janelas? Um céu maravilhoso, que se perde no azul, igualando-se com o verde das plantas lá no horizonte…
    beijos.

  5. elisabete cunha disse:

    Sarah: As janelas da amizade abriram-se para nós. amei seu blog, muito bom! apareça sempre baianinha!!!! 🙂

  6. Luna Guedes disse:

    Espero que dessa vez eu consiga postar… Da última vez que estive aqui perdi meu comentário. Vivo brigando com o computador…
    Eu costumo dizer que um olho fechado é o mesmo que uma janela sem a perspectiva de um horizonte.
    Abraços a sua alma…

  7. elisabete cunha disse:

    Passei para te desejar um ótimo dia! 🙂

  8. Ricardo Rayol disse:

    Uma janela, um átimo do tempo, ou o filme da vida?

  9. marcelo disse:

    Sarah Kkkk eu adoro janelas de onibus + curto muito mais quando a porta se abre eu chego á festa! Muito lindo o poemeto!

    bjs

  10. Papoila disse:

    Sara K Abra as janelas da vida de para em par e deixe-se encantar.
    Beijo

  11. Mel disse:

    Como gosto de uma janela… E de lá sonhar!
    Beijo Sarah!

  12. Lidiane disse:

    Sara.
    Que todas as janelas se descortinem pra você.
    E que você só enxergue poesia e verdades.

    Beijos.

  13. Que fofo. Sodade!
    Beijos, Mai*

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s