Arquivo da categoria ‘imagéticas’

Uma viagem aos sentidos… porque eu também tenho o direito de ficar triste.

[A animação, assinada por Laith Bahrani, é muito linda! ]
[ CREEP é usado também como gíria para dizer: “pessoa que causa arrepios” ]

cuba

Choque  i-deológico

.

napoleao-rv 

Waterloo é aqui!

(imagem capturada durante a Alvorada nos festejos de Yemanjá em Salvador – clique para ampliar)

[ foto: Sarah K ]

Todo mundo, inclusive você, deve saber o que é um pictograma (se não sabe clique no link).
Baseado neste conceito, o designer gráfico, Daniel Motta, publicou o livro “Poptogramas Brasilis” onde mostra uma centena de infográficos representando bandas e cantores brasileiros de todos os tempos. O barato do livro é passear pelas páginas tentando decifrar os poptogramas.

Genial! Estou postando 4 imagens aí embaixo.
E aí, quem são estes músicos? Deixe sua interpretação nos comentários.

137_ga_doces

poptograma 1

137_ga_demonios

poptograma 2

137_ga_zb

poptograma 3

137_ga_sm

poptograma 4

[ fonte: BRAVO online ]

obama-ri

Neste sorriso, alegra-se um mundo inteiro.
Num homem, nunca foi depositada tanta esperança.

(foto: UOL)

Não, está não é uma prévia fashion da próxima temporada outono-inverno!
Clique para ampliar e tente não seguir esta tendência.

Adotar um estilo de vida sustentável já é um primeiro passo.

( foto: Greenpeace )

22 anos atrás, no Túnel do Tempo…

Premonição, Inspiração ou Conspiração?
Lenda urbana ou Realidade?

A História recente: 11 de setembro de 2001, 8:46h, a primeira aeronave choca-se com a Torre Norte do WTC, em seguida, às 9:03h o choque de outra aeronave com a Torre Sul.

História remota: em 1979, a União Soviética invadiu o Afeganistão, Bin Laden apoiou a resitência afegã, assim como, ironicamente, os EUA tornaram-se um dos maiores apoiadores do Afeganistão, tendo na época contribuido na formação da resistência dos líderes terroristas islâmicos.

A imagem que segue é o trecho de uma campanha publicitária veiculada na revista francesa Le Point, em Março/1979; anúncio de uma companhia aérea paquistanesa, PIA – Paquistan International Airlines, que vendia passagens New York – Paquistão.

( fonte: Museum of hoax )