Posts com Tag ‘protesto’

Vocês estão sabendo desta notícia? Uma decisão no mínimo arbitrária.
O texto abaixo foi retirado na íntegra do
blog de Celso Bessa que, além de divulgar a notícia e analisar o fato sob um prisma que concordo totalmente, redigiu ontem [10/04/2008] carta à WordPress solicitando intervenção.
Vejam!

“À Matt Mullenweg e toda a equipe WordPress/Automattic.

Sou um wordpresser no Brasil, e escrevo esta carta para pedir que se intrometam numa questão séria para a nossa blogosfera, que recebeu uma notícia ruim e assustadora hoje, logo de manhã:

Todo o wordpress.com pode ser bloqueado por causa de uma decisão de um juiz que é uma ameaça potencial para a liberdade de expressão e avanços sociais e técnicos em nossa sociedade.

Abaixo, eu faço uma tradução livre da notícia, e em seguida, meus comentários e preocupações

Mas os brasileiros podem ficar sem acesso aos blogs do WordPress

08:32 . Usuarios brasileiros podem ter acesso bloqueado ao portal de blogs WordPress por conta de uma decisao da 31a Vara Civel de Sao Paulo. A Justiça determinou o embargo de um blog hospedado no portal. Mas de acordo com a Abranet – Associaçao Brasileira de Provedores de Internet, nao é possivel impedir o acesso a apenas um blog – o bloqueio atigiria todos os blogs hospedados em wordpress.com. Segundo noticia da Folha Online, a Associaçao informou a decisao judicial aos provedores e encaminhou ao Juiz um documento relatando a questao tecnica que a determinaçao envolve. A Abranet pede que a Justiça brasileira solicite o embargo diretamente ao WordPress. Ainda de acordo com a Folha, o nome do blog nao foi revelado – o processo corre em segredo de Justiça (!). 10/04 Blue Bus

Em janeiro de 2007, uma decisão judicial que pretendia bloquear o acesso ao video de Daniella Cicarelli namorando na praia levou à restriçao das visitas de brasileiros ao YouTube, leia anteriores aqui e aqui.

Nos últimos 2 anos, nós, brasileiros, estamos encarando diversos problemas com as pessoas que “mandam” no país, por causa da falta de conhecimento técnico, senso, comprometimento social ou por interesses particulares: juízes, senadores, grupos econômicos, grupos de mídia tradicionais, et cetera.

Salvo excessões, eles desconhecem as questões técnicas e sociais que envolvem as novas tecnologias de comunicação – ou talvez estejam assustados com as mudanças nas relações sociais, com o poder e liberdade que estas tecnologias e serviços dão às pessoas – e tomam decisões, ou assumem posições, questionáveis.

Primeiro, um Senador e Ex-Presidente da República, integrante de uma família reconhecidamente poderosa política e financeira, tentou silenciar alguns blogs que ousavam discordar de suas ações.

Depois, um outro senador propos uma lei que obrigaria a identificação – e talvez rastreamento das ações – de cada usuário de internet.

Como mencionado acima, em 2007, a blogosfera brasileira se mobilizou contra uma decisão bloqueando todo o YouTube, ocasionada por que algum Paparazzi gravou as “ações quentes” que uma pessoa pública sem nenhum bom senso – Daniella Cicarelli, uma modelo famosa e apresentadora da MTV Brasil – num lugar público. (Procure por termos como Daniella Cicarelli, sexo e praia no Google ou nos blogs dentro do WordPress.)

Neste ano, grupos de mídia tradicionais se calam ou tentam desqualificar jornalistas e blogueiros que ousam questionar suas opiniões e suas atitudes ou que ameaçam seus objetivos comerciais e políticos.

O problema agora torna-se pior, por dois motivos, ambos relacionados e sérios:

  • Há muita importância em serviços como o Youtube, mas um serviço como o WordPress serve muito mais aos interesses do ativismo, liberdade de expressão, debates, discussões, etc. Bloqueá-lo vai calar diversas vozes brasileiras.
  • O bloqueio deste blog específico, sem dizer ao público as razões, motivado por uma suposta necessidade de Segredo de Justiça é um perigo. Como podemos assegurar que este não é um precedente para calar todos os blogs que discordem sobre um governo, sobre um grupo político e financeiro poderoso, sobre injustiças e ditaduras? Há um monte de vídeos e blog s que defendem diferentes opiniões sobre o conflito entre Tibete e China, sobre as ações dos EUA no Iraque e sobre questões políticas e sociais em todo o mundo. Eu posso discordar de muitos deles, mas como Voltaire, defendo o direito de expressão de todos, não importa o qual nojenta a opinião seja.

Dito isto, peço a vocês que nos ajudem a defender nossos direitos em casos assim, caso nosso sistema judiciário realmente tente alcancá-los:

  1. Provendo à corte brasileira um parecer técnico e suporte sobre a melhor forma de lidar com o bloqueio deste blog específicio, sem comprometer o acesso ao wordpress.com
  2. Provendo ao dono do blog tempo suficiente e meio de manter o seu direito de defesa, dados e usar a ferramenta de migração do blog e mostrar ao mundo sua opinião.
  3. Provendo à blogosfera informação sobre o blogue em questão, seu endereço e conteúdo. A fim de nos permitir julgar a questão por nós mesmos, e a oportunidade de a) tomarmos uma posição clara e b) mostrar ao mundo que lutamos por nosso direito de equilibrar o poder

Vocês já demonstraram, diversas vezes, valorizar a democracia, o bom senso e o bem comum na internet.

Espero que agora, seja o mesmo caso.

Conto com vocês.

‘braços

Celso Besss”

Leiam matéria da Folha on Line sobre este episódio AQUI

Notícias recentes AQUI

visite o Blog contra o bloqueio

buracao.jpg

Existe uma praia em Salvador pouco conhecida da maioria da população, é a praia Anita Costa, mais conhecida como Praia do Buracão. Um pedaço de paraíso incrustado dentro da área urbana. Como o próprio nome diz, localiza-se numa grande depressão na orla do Rio Vermelho, estrategicamente escondida pela natureza, guarda uma beleza selvagem delineada por marcantes rochedos que ora se escondem, ora afloram da areia ao sabor das estações. No seu entorno alguns edifícios e residências de classe média completam a paisagem. Pela sua localização particularizada acaba sendo frequentada quase que exclusivamente por moradores do bairro e redondezas, possui apenas uma barraca de praia e um público cativo, engajado na sua preservação e limpeza. Efetivamente é uma das poucas praias urbanas que ainda podem ser frequentadas pela população.

Este vídeo registra uma denúncia: os moradores e frequentadores da área lutam contra a continuidade da construção de um empreendimento que fere as Leis federais de uso e ocupação do solo, acaba com um dos acessos à praia tentando privatizá-la, além de prejudicar a ventilação no entorno. O empreendimento foi licenciado pela Prefeitura Municipal mesmo ferindo a Legislação Federal que proíbe construções dentro da faixa de Marinha (60m após a linha de preamar). A associação dos moradores conseguiu uma liminar na Justiça Federal que paralisa as obras, mas é necessário que a população pressione para que o embargo realmente se concretize.

[ Veja notícia sobre o caso ]